5 vídeos sobre sexo que todos os homens não podem deixar de assistir

Você acha que sabe tudo sobre o prazer sexual feminino? Pois a gente traz uma triste notícia: a probabilidade de você ter aprendido muita coisa errada sobre sexualidade na adolescência é bem alta – e possivelmente esteja aplicando esses “ensinamentos” na vida adulta até hoje.
É por isso que trazemos a seleção de 5 vídeos super didáticos e divertidos que vão te ajudar a descobrir alguns segredos, mitos sobre sexo e também podem melhorar a vida sexual tanto da sua parceira como a sua também.

Prepara a pipoca e dá o play:

1) Mulher sente tesão, sim!

2) Bem vindo às zonas erógenas

3) Atitudes que dão aquela esfriada no clima

4) O pornô ensinou tudo errado

5) O ponto G existe?

É arte! Conheça a artista que utiliza frutas para simular a masturbação feminina

A gente sabe bem: a masturbação feminina ainda é tabu e, infelizmente, faz com que quase 60% das mulheres nunca tenham alcançado o clímax sozinhas. E o pior e mais alarmante dado: 10% sequer conseguiu gozar, em nenhuma circunstância.

Tentando mudar essa realidade, a artista Stephanie Sarley, de 28 anos, tem feito uma espécie de “carinho” nos mais variados tipos de frutas. Tudo isso para incentivar a mulherada a explorar o próprio corpo sem medo e sem vergonha. Exatamente como deve ser.

Desde junho de 2015, ela utiliza morango, damasco, laranja, limão, kiwi e mamão como se fossem vaginas sendo tocadas de formas bastante inspiradoras.

Como já era de se esperar, Stephanie foi alvo de muitas críticas e represálias. Seu perfil já foi banido do Instagram três vezes por conter “conteúdo sexualmente sugestivo” e mais de 10 postagens foram removidas de forma permanente. Uma pena, né? Mesmo assim, a artista não se abala. Em entrevista ao The Guardian, Sarley explicou um pouco sobre as intervenções inusitadas: “Meu trabalho é, basicamente, sobre personificar e empoderar vaginas através do humor e do absurdo, além de elevar a aceitação sobre a sexualidade feminina. É importante retratar que o orgasmo da mulher não é motivo de vergonha ou deva ser escondido”.


 
Nós adoramos e apoiamos!
Acompanhe o trabalho de Stephanie no Instagram: @stephanie_sarley

E não esqueça de seguir a gente também: @piaceresex

(Fonte: Hypeness, The Guardian, Viansata)