Os melhores livros eróticos para se inspirar, conhecer e se informar sobre sexo

Quando falamos em livros eróticos, é normal que Cinquenta Tons de Cinza seja o primeiro que venha à cabeça. A trilogia de E. L. James virou best seller e lotou os cinemas. Mas a obra está longe de ser inovadora ou a única do gênero. Desde o Império Romano que o sexo está presente em livros.

Mas quais são os melhores livros eróticos? Gosto é gosto e, assim como no sexo, a melhor forma de descobrir é experimentando. Hoje selecionamos alguns livros eróticos para você saber por onde começar. Vamos lá?

 

  • A Filosofia na Alcova – Marquês de Sade

 

412rFIvbdeL


Marques de Sade foi um aristocrata francês, escritor libertino (que produziu grande parte de suas obras na Prisão da Bastilha) e que deu origem ao termo sadismo. Tá bom ou quer mais? 

“Aos vinte e seis anos, já deveria ser uma beata e não passo da mais devassa de todas as mulheres. (…) Acreditava que, me limitando às mulheres, conseguiria tranquilidade; que meus desejos, uma vez concentrados em meu sexo, não transbordariam sobre o seu.”

 

 

  • Vem Transar Comigo – Tatiana Presser 

 

livro-vem-transar-comigoPsicóloga e sex-coach, Tatiana Presser tem mais de 5 milhões de visualizações em seu canal no YouTube e excursiona pelo Brasil com a peça teatral Vem Transar Com a Gente, em parceria com o marido, o comediante Nizo Neto.

“O livro é um convite para a descoberta de uma vida mais feliz e prazerosa, com dicas sobre relacionamento, lições de sedução, informações sobre saúde e discussões francas sobre fantasias, fetiches e tudo que possa contribuir para a vida sexual do leitor”, define.

 

 

  • Sofá – Crébillon Fils

 

5c37427c1d0000e501331563
Condenado por decreto divino a reencarnar sucessivas vezes como um sofá, o narrador tem de sustentar e dar apoio, literalmente, a diversos tipos de aventuras amorosas e sexuais.

“Enrubescendo pelo que sentia, queimava de vontade de sentir mais; sem imaginar novos prazeres, desejando-os…”

 

 

  • Crossdresser: Será que sou uma CD? – Artur Luz

 

Crossdresser-Será-que-sou-uma-CD-200x300

 

Esse livro vai te levar para além da imaginação. É envolvente, sedutor. Se você busca sexualidade, fetichismo, crossdresser, homossexualidade, auto aceitação, comédia e vencer o medo de se esconder. Nele você será você.

 

 

 

  • Como provocar Orgasmos Femininos – Marlon Mattedi

 

Como-Provocar-Orgasmos-Femininos-O-que-nunca-menor-211x300
Este livro é indicado para homens e mulheres que querem provocar o orgasmo feminino com mais facilidade.

O terapeuta sexual Marlon Mattedi reuniu sua experiência clínica de mais de 10.000 atendimentos e colocou suas melhores dicas sobre como chegar ao Orgasmo Feminino sem tanto esforço.

 

 

  • Cinema Explícito – Rodrigo Gerace

 

livro-capa_cinema-explicito-baixaVárias análises, escritas pelo sociólogo Rodrigo Gerace. O autor faz uma genealogia das representações do sexo no cinema. Tem vários períodos: da pornografia no cinema mudo até as vanguardas artísticas, das pornochanchadas brasileiras ao circuito independente. Estabelece uma análise crítica de filmes que embaralharam temas tabus, da política ao erotismo e suas metáforas, provocando as obscenidades das épocas em seus efeitos estéticos e ideológicos.

 

 

  • A Casa dos Budas Ditosos – João Ubaldo Ribeiro

 

dicas-de-livros-eroticos_5A obra, que representa o pecado da luxúria, é narrada por uma velhinha que beira os 70 e que conta, sem pudores, suas memórias libertinas. A história ganhou adaptação para o teatro, em 2004, em forma de monólogo com Fernanda Torres.

“Faço tudo que me dá na cabeça, não quero saber de limitações. Eu não pequei contra a luxúria. Quem peca é aquele que não faz o que foi criado para fazer.”

E depois da leituras dos melhores livros eróticos, você sabe o que vem, né?

giphy.gif

Como ter mais prazer clitoriano? 5 dicas que só a Piacere poderia dar

Você sabia que a única função do clitóris e dar prazer para sua dona? E que, além disso, mais de 75% das mulheres não conseguem chegar ao orgasmo sem estimulação clitoriana? Pois é! Então, se você acha que o prazer no sexo está apenas na penetração, esse post pode abrir um pouco mais os seus horizontes! Vem com a gente…

5 produtos incríveis para estimular o prazer clitoriano

 

  1. BULLET
    2104R-500x500
    Um tiro é um tiro, né gurias. O bullet serve justamente para estimular o prazer clitoriano, então aproveite!https://www.piaceresex.com.br/bullet-sem-fio-vinte-modos-de-vibracao-piaceresex

  2. VARINHA MÁGICA
    1177-500x500
    Esqueça Harry Potter, a mágica é o tanto de prazer que você vai sentir com esse brinquedinho!
    https://www.piaceresex.com.br/index.php?route=product/search&search=varinha%20m%C3%A1gica

 

  1. BUTTERFLY
    343-500x500
    Uma dessas borboleta vai te levar a loucura! Já falamos sobre ela em um dos vídeos Mais Piacere. Confere aqui.

    https://www.piaceresex.com.br/vibrador-borboleta-com-doze-modos-de-vibracao-piaceresex 

 

  1. RABBIT
    1528ro-500x500
    Dica da Piacere em parceria com a Samantha do Sex and the City. Com o Rabbit é possível estimular o clitóris e fazer a penetração ao mesmo tempo! Uma delícia.
    https://www.piaceresex.com.br/index.php?route=product/search&search=rabbit 
  1. BATOM VIBRADOR
    697-500x500
    A gente sabe que batom não pode faltar na bolsa de uma mulher. Principalmente um que nem esse!
    https://www.piaceresex.com.br/estimulador-clitoriano-batom-piaceresex 

 

Sexo na gravidez: 10 dicas para apimentar sua relação

A gravidez pode ser um momento muito delicado para os casais. Mudanças no corpo, na rotina, alterações hormonais, sentimentos novos e, por muitas vezes, complicados de lidar, uma infinidade de novidades. Mas aí bate uma dúvida: como manter a intimidade o casal em dia mesmo com todos estes fatores? Pensando nisso, preparamos um post com várias dicas para fazer sexo na gravidez e manter uma relação saudável com seu parceiro ou parceira.

 

Como fica a vontade?

É normal que a libido diminua durante este período. Também é visto que muitos casais afirmam ter ainda mais vontade de fazer sexo durante a gravidez. Portanto, confie no seu corpo e no que ele tem a dizer. No seu caso, a vontade está em baixa? Converse com seu parceiro ou parceira. Fale sobre como está se sentindo, a comunicação é a primeira dica para ter uma boa vida sexual na gravidez.

sexandbobs

Sexo não é só penetração 

Abandone a ideia de que sexo consiste apenas em penetração. Nesta fase, talvez seja legal investir em beijos, carícias, sexo oral… Solte a imaginação e descubra novos lugares de prazer no seu corpo e no do parceiro ou parceira. Certamente esta dica ajudará não apenas o casal a ter uma vida sexual ativa durante a gravidez, mas a intimidade e o companheirismo irão aumentar ainda mais.

 

Invista no clima

Construir um clima legal também contribui muito para fazer sexo durante a gravidez. Se antes tudo rolava muito rápido, que tal agora dar mais tempo para a relação? Lembre-se de investir no romantismo: um jantar aconchegante pode ser o primeiro passo de uma noite super quente. Aí o resto é com o casal, luz baixa, aquela playlist legal, uma massagem com óleos perfumados, velas, alguns morangos… Deu vontade né?!

 

Posições mais confortáveis

É claro que, no decorrer do processo, a barriga acaba incomodando um pouco a relação. Por isso, uma boa dica para que o sexo seja mais confortável é investir em posições que não forcem a barriga e permitam que a grávida fique mais relaxada. As posições de lado, de quatro, papai e mamãe (com apoio para a lombar da gestante) e tesoura são as favoritas. Sentiu desconforto? Pare e discuta sobre isso com seu parceiro ou parceira. Todas podem ser feitas até o final da gestação, desde que não tenha contraindicação da sua obstetra.

 

Brinquedos e fantasias

Uma ótima dica não apenas para dar aquele up na vida sexual durante a gravidez, mas de uma forma geral, é investir em fantasias e brinquedos eróticos. Então solte a imaginação! Sempre teve vontade de testar alguma coisa mas não tinha coragem? Que tal fazer agora e colocar na conta dos desejos de grávida? Vai que cola…

sexandbobs

Abandone a insegurança

Seu corpo obviamente está diferente, a cabeça também. E não só da grávida, mas de ambos. Por isso, é fundamental que o casal abandone a insegurança! Nada de achar que seu corpo está feio, que um não sente mais desejo no outro e qualquer outra nóia que possa passar pela cabeça. Lembrem da nossa dica nº 1 para seguir com a vida sexual durante a gravidez, conversa. E uma dica para as grávidas: seu corpo está lindo! Esta é uma fase incrível e deve ser aproveitada ao máximo.

 

Homens, sem neura

Muitos futuros papais começam a ter diversas neuras durante a gravidez da parceira. Esses medos vão desde rejeição até machucar o bebê na hora da penetração. Vamos lá, é comprovado que o pênis não consegue machucar ou danificar a formação do bebê. Durante a relação, a penetração ocorre na cavidade vaginal. Enquanto que o embrião fica na cavidade uterina, protegido por uma bolsa. Claro, se a gestante sentir desconforto durante a relação, o recomendado é parar e conversar com a obstetra assim que possível. 

 

Ouça sua obstetra

O sexo durante a gravidez é recomendado durante todo o seu período. Em algumas raras exceções, a obstetra pode recomendar que se interrompa a atividade sexual em função de algum problema que pode acarretar no trabalho de parto prematuro. Mas fiquem tranquilos, esta condição é rara. O sexo é saudável durante a gestação e você e seu parceiro podem aproveitar sem culpa!

 

Tire proveito dos hormônios e da sensibilidade no corpo

O corpo da gestante agora estará mais sensível, os hormônios farão com que você sinta de forma diferente alguns toques. Uma cliente que teve bebê há pouco, nos contou que para ela, a sensibilidade nos mamilos fez com que o toque fosse muito mais prazeroso. Ela disse ainda que os orgasmos ficaram muito mais intensos durante o período de gestação.

 

Benefícios no sexo durante a gravidez

Seguir com a vida sexual ativa durante a gravidez tem inúmeros benefícios para o casal. Além de criar laços mais fortes entre os parceiros, o sexo aumenta a liberação de hormônios como a ocitocina e a endorfina, que dá as sensações de prazer e felicidade. E tem mais, foi comprovado que o sexo reduz a pressão arterial das futuras mamães, o que pode prevenir uma pré-eclâmpsia. Também já foi provado que, em função do relaxamento muscular, o sono se torna muito mais regular e tranquilo. E a gente sabe que o sono das grávidas pode ser bem conturbado, não é mesmo?! E por fim, além de estimular a atividade uterina com as contrações provenientes do orgasmo feminino, a ejaculação masculina tem papel importante na indução do parto (mas apenas lá no finalzinho da gravidez). O esperma tem um componente que se chama prostaglandina e que amacia o colo do útero para preparar para a dilatação.

 

E aí, curtiu as dicas para seguir com a vida sexual ativíssima durante a gravidez? Esperamos que você e seu parceiro ou parceira possam aproveitar muito este momento para estreitar ainda mais os laços. E se precisarem, já sabem, contem com a Piacere para dar aquela forcinha a mais. www.piaceresex.com.br 

Entenda o que é orientação sexual e identidade de gênero e confira 7 perfis sobre o assunto para seguir no Instagram

Os debates sobre gênero, orientação sexual e identidade são cada vez mais comuns, mas muitas vezes a desinformação atrapalha o diálogo. Para ajudar, buscamos alguns conceitos bastante utilizados nesses temas. Compreender as diferenças e deixar os preconceitos de lado são os primeiros passos para construir uma sociedade com mais respeito e amor.

post 3

Orientação sexual

A orientação sexual se refere a atração ou a ligação afetiva sentida em relação a outra pessoa. Ela possui subdivisões de acordo com os gêneros  envolvidos:

Homossexualidade: atração emocional, afetiva ou sexual por pessoa do mesmo gênero.

Heterossexualidade: atração emocional, afetiva ou sexual por pessoa de gênero diferente.

Bissexualidade: atração emocional, afetiva ou sexual por pessoas dos dois gêneros.

Assexualidade: ausência de atração sexual por pessoas de ambos os gêneros.

 

Identidade de gênero

Do ponto de vista biológico, gênero é o sexo que uma pessoa nasce: masculino ou feminino. Há também os hermafroditas, que são pessoas com os dois órgãos genitais.

Quem não se identifica com seu gênero de nascimento e passa por uma transição é um transgênero, que também podem ser:

post 2

Transexuais

Utilizado para denominar pessoas que não se identificam com o gênero de nascimento e optam por realizar uma transição social, que pode ou não incluir tratamento hormonal ou até mesmo cirurgia, para alcançar o corpo com as característica da sua identidade. Nesses casos, sempre é aconselhada a busca de médicos especialistas que realizam esse tipo de tratamento. Também é indicado o acompanhamento psicológico durante todo o processo.

 

Travestis

Apesar de fazerem intervenções nas vestimentas e muitas vezes utilizarem hormônios, as travestis geralmente mantém o órgão sexual masculino. Elas preferem ser tratadas no feminino.

 

Outras identidades de gênero

 

Hoje em dia, são reconhecidas mais de trinta identidades de gênero. Para saber sobre todas essas variações, confira nesta lista de identidades de gênero. Quer saber mais? Confira a Cartilha da ONU sobre o assunto.

 

No Instagram também tem MUITO CONTEÚDO sobre identidade de gênero

Jovens, velhos, ilustradores, streammers de games, youtubers e celebridades. Transgêneros também estão no Insta, produzindo muito conteúdo bacana. Confira sete perfis para seguir, aprender e diversificar um pouco mais o feed:

 

 

  • @nimbusdesenios

 

https://www.instagram.com/p/B2Zfn22D7vC/

 

 

  • @coutinholaerte

 

https://www.instagram.com/p/B0LbGc9nt-b/

 

 

  • @eromaticax

 

https://www.instagram.com/eromaticax/?hl=pt-br

 

 

  • @mahmoudbaydoun_

 

https://www.instagram.com/mahmoudbaydoun_/?hl=pt-br

 

 

  •  @meuamorexiste

 

https://www.instagram.com/meuamorexiste/

 

 

  • @mandycandyreal

 

https://www.instagram.com/mandycandyreal/?hl=pt-br 

 

 

  • @phellyxofficial

 

https://www.instagram.com/phellyxofficial/?hl=pt-br

“Será que eu gozei?” 10 dicas de como identificar se você chegou lá MESMO

Não tem regra nem receita. E nem toda mulher consegue reconhecer quando está chegando ao êxtase. Até porque, ter um orgasmo nem sempre envolve uma super reação “sobrenatural” ou exagerada – pode ser algo rápido ou até mesmo imperceptível. Mesmo assim, alguns sinais podem indicar que a melhor sensação do mundo acabou de acontecer – ou está muito perto de.

Confira:

1) Há uma contração involuntária dos músculos do assoalho pélvico, das pernas e até dos braços. Depois disso há um reflexo corporal, como se você levasse pequenos choques em algumas partes do corpo.

2) A respiração fica mais acelerada e ofegante e a mulher sente ondas de calor da ponta dos pés à cabeça.

3) Útero, vagina e ânus têm contrações simultâneas e muito, muito rápidas: geralmente são entre 3 e 15 contrações em intervalos de 0,5 segundos. O útero costuma inchar, chegando a dobrar de tamanho. Cerca de 15 minutos depois do gozo, ele retorna ao seu estado natural.

4) Há uma necessidade, ainda que inconsciente, de fechar as pernas, como uma fora de pressionar o clitóris, já que ele fica mais sensível.

sunset-691995_1280

5) E por falar em clitóris, quando a excitação atinge o auge ele fica mais inchado e ganha uma coloração mais avermelhada. O mesmo acontece com a vagina, os grandes e pequenos lábios e as bochechas. O motivo é a maior irrigação sanguínea

6) A lubrificação é potencializada quando você está quase chegando lá. Isso é mais perceptível quando a mulher está prestes a gozar com a penetração vaginal: o pênis entra e sai com mais facilidade e fica mais úmido.

Vale lembrar que mesmo que você transe com a mesma pessoa, a resposta aos estímulos e os orgasmos nunca se repetem. Então, fica uma dica preciosa: nada de ficar relembrando mentalmente nessa listinha na hora H. Aproveite cada segundo e todo o prazer que a relação pode proporcionar!

Via Uol Notícias

Pra não dar ruim: cuidados para não sofrer lesões na hora H

Segundo especialistas, não só os movimentos do dia a dia e acidentes podem causar lesões musculares e dores na coluna, mas as posições sexuais também são responsáveis por quadros médicos que, certamente, ninguém está disposto a vivenciar.

Confira no infográfico:

Attachment-1.jpeg

É surpreendente! Conheça 4 coisas que acontecem no organismo durante o sexo

Ilustração: Raffaele Marinetti

Gozar é incrível e isso não podemos negar. Mas melhor ainda quando a atividade sexual traz outros benefícios para a nossa saúde física e mental. Aqui estão alguns deles:

Melhora nosso olfato
O doutor Samuel Weiss e outros pesquisadores de uma universidade canadense estudaram os impactos da relação sexual nos nossos sentidos. E a descoberta maravilhosa foi: ao atingirmos o orgasmo, o hormônio conhecido como prolactina aumenta no corpo, originando novas células do bulbo olfativo. Ou seja, quando gozamos, estamos estimulando de forma maravilhosa o nosso olfato – e melhorando a nossa forma de sentir os aromas por aí.

Minimiza dores musculares
Especialista em Neurociência, o professor doutor Barry Komisaruk diz que gozar pode ser responsáveis por inibir a dor. Segundo ele, pesquisas revelam que o orgasmo impede que ocorra a liberação de transmissores da medula espinhal, que correspondem a dor para os neurônios. Gente, olha isso: QUASE UMA MORFINA NATURAL.

Previne episódios de insônia
Sabe aquela molezinha maravilhosa que a gente sente depois de um sexo bem feito? Pois é. Pesquisadores afirmam que os hormônios liberados no auge do vamo-vê funcionam melhor que muitos remédios para dormir que são vendidos por aí.

… e até mesmo algumas doenças!
Ter uma vida sexual ativa pode prevenir muitas doenças. Nos homens, principalmente o câncer de próstata. Além dela, doenças cardíacas e derrames também podem ser evitadas com sexo. Antigamente, acreditava-se facilmente que as relações sexuais poderiam ser culpadas por infarto, mas isso provou-se ser apenas um mito. AINDA BEM, NÉ? Se é pra morrer, só se for de tanto gozar.

Mas não esquece: camisinha SEMPRE, pois as DSTs ainda estão por ai 😉