7 filmes e séries para inspirar sua fantasia em látex

Fantasias em látex naturalmente despertam curiosidade e mexem com a imaginação de qualquer um. Além de acentuar as curvas, as roupas em látex têm uma áurea inegável de poder. O fetiche pode se dar tanto por vestir quanto observar o companheiro com alguma peça no corpo.

O cheiro, o toque, a ideia de segunda pele e de anonimato são alguns dos estímulos dos ruberistas, como são conhecidas as pessoas com fantasia em látex, PVC ou vinil. O fetiche por látex também é bastante associado ao bondage, já que o material restringe parcialmente os movimentos. A sensação de ‘aperto’ equivale ao ato de amarrar, o que torna a roupa de látex um tipo de bondage natural.

Visualmente atrativa, sua representação é comum na TV e no cinema. Muito antes dos Vingadores que recém saíram de cartaz, uma série britânica de 1961 deu destaque para roupas feitas de látex, PVC e vinil usadas pela protagonista Emma Peel, interpretada pela atriz Diana Rigg. De lá pra cá, vimos muitos figurinos para inspirar nossas fantasias. Confira abaixo:

Vingadores (série TV)

A-leather-clad-Diana-Rigg-as-Mrs-Emma-Peel-in-the-racy-scene-in-The-Avengers-that-brought-a-flood-of-complaints-in-1965

Vingadores

c5df348c5395113a5d6326bc03bdc8740547eaff

Anjos da Noite

kate-beckinsale.0.0

American Horror Story

36709435-american-horror-story-wallpaper

Batman/Mulher Gato

Anne-Hathaway-2012-wallpapers-Catwoman-from-Dark-Knight-rises-1oet.com-19batman_returns_1992_04rs_1024x759-180424132515-1024-halle-berry-catwoman

Matrix

773597_501857873186120_1095003071_o

Sr e Sra Smith

477eec2cd4428f197a8b118fc4a7f700

Encontre toda a linha de artigos em látex na nossa loja online: https://tinyurl.com/piacerelatex

7 filmes que debatem a questão de gênero e orientação sexual

ellen_0
Divulgação

Amor por Direito

Em abril nos cinemas. Baseado em fatos reais, o longa percorre a batalha judicial de Laura Hester (Julianne Moore), uma policial diagnosticada com câncer, que deseja que sua esposa tenha os mesmos direitos que as mulheres dos outros policiais. “Graças à visibilidade que os personagens gays ganharam, a sociedade ficou mais tolerante, o que levou à legalização do casamento entre homossexuais”, diz Ellen Page.

Carol

Indicadas ao Oscar de Melhor Atriz e Melhor Atriz Coadjuvante, Cate Blanchett e Rooney Mara vivem um amor discreto em Carol. O longa ambientado na década de 50 é rechado de figurinos deslumbrantes e somou seis indicações em diferentes categorias na premiação. Em polêmica recente, foi levantado o fato que o filme não recebeu indicações de Melhor Filme e Melhor Direção, para Todd Haynes – sendo um sinal de conservadorismo da Academia.

A Garota Dinamarquesa

Outro longa “esquecido” pela Academia nas grandes categorias, A Garota Dinamarquesa, dirigido por Tom Hooper, fala da história de Lili Elbe, a primeira transgênero do mundo. Uma história de amor do pintor Einar Wegener (Eddie Redmayne), que começa a posar como mulher para sua esposa Gerda (Alicia Vikander). Eddie e Alicia são indicados a Melhor Ator e Melhor Atriz Coadjuvante, respectivamente. O longa ainda soma as categorias Melhor Figurino e Melhor Design de Produção.

De Gravata e Unha Vermelha

O que a roupa representa para você? A partir de relatos de grandes nomes da cultura, como Laerte, Dudu Bertholini, Ney Matogrosso, Johnny Luxo, Candy Mel e Rogéria, o longa entra no mundo dos transexuais, transgêneros e adetos do crossdressing, para refletir sobre construção individual.  Vencedor do Prêmio Felix no Festival do Rio 2014, pode ser visualizado abaixo:

Boi Neon

Boi Neon estreou no Festival de Veneza, em setembro de 2015, onde recebeu o prêmio especial do júri ­–  depois disso foram mais 30 festivais, 14 prêmios e distribuição 15 países. O longa, protagonizado por Juliano Cazarré, acompanha os bastidores das Vaquejadas no  nordeste e as festas noturnas. De dia, Juliano é um vaqueiro. À noite, se traveste. Um mergulho sensível no universo drag do interior do Brasil.

Uma nova amiga

O diretor francês François Ozon expõe como uma lupa as relações humanas. Seu último lançamento é baseado no conto homônimo de Ruth Rendell – autora inglesa conhecida por seus romances policiais (Almodóvar também se baseou em sua obra para Carne Trêmula, de 1997). Nele, uma mulher perdeu a melhor amiga e descobre que o viúvo se veste de mulher dentro de casa. Disponível no serviço Net Now.

Tangerine

Longa it entre os aficionados por cinema, filmado com a câmera de três celulares iPhone 5s, segue um dia da vida de uma prostituta transgênero, que descobre que seu namorado e cafetão está traindo ela. Pelas ruas de Hollywood, na véspera de Natal, Sin-Dee Rella, interpretada por Kitana Kiki Rodriguez, acabou de sair de um mês na prisão e acompanhamos o desenrolar da trama.

Fonte: Elle

Casais que assistem Netflix juntos fazem mais sexo

thinkstockphotos-124818451
(Eyecandy Images/Thinkstock/Getty Images)

A história de que os casais que não têm televisão no quarto fazem mais sexo está ultrapassada. Assistir a um filme deitada na cama com seu parceiro pode dobrar o número de vezes que vocês costumam transar, segundo uma pesquisa inglesa publicada pelo portal Daily Mail.

Nela, 67% das pessoas com uma TV perto da cama disseram que o aparelho as ajuda a ter uma vida sexual mais ativa – 32% delas até afirmaram gostar de fazer amor ao mesmo tempo que assistem ao seu programa favorito! E os sexperts afirmam: além de incendiar a relação entre os lençóis, os vídeos eróticos ampliam o repertório. Então, se ele topar a ideia, comecem a variar o tema dos filmes juntos.

Fonte: Boa Forma