Quer emagrecer? Então vem ver quais posições sexuais podem ajudar nisso|

Exagerou nas festas de Natal e agora quer correr atrás do prejuízo? Confira 5 dicas de posições que valem por uma ida na academia. Bora praticar!

Abraço

A posição requer a força dos braços do gato e o equilíbrio da linda pra dar certo. Logo de cara dá pra perceber que não é mole conseguir realizar de primeira com sucesso, mas vai com calma que dá certo e nada melhor do que praticar até ficar craque (e, de quebra, perder umas calorias);

União

Nessa daqui quem manda é a gata. É ela que vai ditar o ritmo e controlar a situação, mas claro que depende da força de ambos pra ficar na posição certa. Os seus tríceps e ombro vão trabalhar muito, mas tudo vale a pena no final, rs.

Amazona

Esse requer força nas pernas! Pra aguentar essa aqui tem que ser profissa no quesito agachamento. Vale praticar antes já que ela é um pouco complicada e se der mole pode machucar o pirulito do boy. Ninguém quer isso, né?

De costas

Essa é outra posição que quem manda é a mina, hahaha. O boy vai ficar ali no relax aproveitando enquanto a gata domina o ato.

Cachorrinho em pé

Uma das mais “tradicionais” posições também é top na hora de perder umas calorias, tudo isso por conta da flexibilidade que ela requer. Vale alongar os músculos antes de executar pra ninguém sair com cãibra.

Fonte: ObaOba

O sexo está te causando desconforto? Veja algumas possíveis causas!

Sexo não combina com desconforto, né? Infelizmente, algumas mulheres podem sentir uma dorzinha – ou dorzona! – bem desagradável durante a transa. Os motivos podem ser os mais variados, mas você já ouviu falar nos mais comuns? Essa é a nossa pauta de hoje.

1) A principal razão está no estímulo. Ou na falta dele. Quando não se está devidamente lubrificada, a penetração acaba ficando mais difícil. Por isso, tenha sempre por perto algum lubrificante à base de água e incentive seu parceiro a explorar cada cantinho do seu corpo.

2) Os exames de DSTs estão em dia? Isso porque a dor por ter relação direta com as doenças sexualmente transmissíveis, tal como a clamídia, herpes ou gonorreia. Estas infeções dão origem a dores na zona pélvica ou na vulva durante a transa. Mas não se apavore. Procure logo assistência médica pois há tratamento!

3) A endometriose também pode causar desconforto durante o sexo. Essa é uma condição em que as células do tecido que constituem o útero (endométrio) crescem fora da zona normal, como por exemplo nos ovários, na bexiga ou no peritoneu pélvico, resultando em dores intensas na hora H.

Bora deixar o sexo mais prazeroso? Não deixe de procurar ajuda especializada sempre que sentir que algo não está “certo”, combinado?

 

3 ingredientes para ter (ainda) mais prazer no sexo oral

O sexo oral é quase uma unanimidade e, possivelmente, a forma mais rápida de ter um delicioso orgasmo. A variedade de modalidades e brincadeiras que a prática permite pode tornar tudo ainda mais interessante. Quanto mais intimidade melhor, e a experiência também é bem-vinda, porém o mais importante é deixar a timidez de lado e aproveitar tudo desse delicioso encontro de corpos e bocas. A gente tem algumas dicas:

Gel comestível e térmico >> compre aqui!
Existem no mercado várias marcas que possuem esse produto. O truque é pingar algumas gotinhas na glande do pênis, fazer uma leve massagem, assoprar e depois bafejar, para que o produto aja e proporcione a sensação quente. Aí é só para o sexo oral e brincar à vontade. O cara também pode usar a mesma estratégia para te dar prazer. Que tal deixar a região interna das coxas mais quentes antes da carícia no clitóris? Ai ai.

Mousse efervescente >> compre aqui!
Não existe dieta nem contagem de calorias na cama! Já pensou em curtir uma brincadeirinha como se estivesse espalhando e degustando chantilly no corpo daquela pessoa especial?

Espumantes
Não é desperdício de bebida, a gente jura! O truque é deixar pouquinho na boca e colocar apenas a glande do boy em contato com a bebida. Assim, a mesma sensação que você tem das bolinhas ‘explodindo’, ele também terá. Em seguida engula a bebida e aí sim, inicia o sexo oral. Dá também para ele tentar a manobra para acariciar seus seios. Preliminares, né?

Bora colocar em prática?

Rapidinha na Copa: 3 posições para fazer durante o intervalo dos jogos

 

[foto: reprodução]

A Copa do Mundo já começou a mil e quem disse que durante um tempo e outro a gente não pode aproveitar para curtir uma boa transa? Aproveite as nossas dicas para esquentar o sofá e deixar a pipoca de lado enquanto assiste um dos jogos.

gifs_sexo_oral_2

  • É golaço! Seu parceiro senta com as pernas esticadas e levemente flexionadas. Fique de pé entre as pernas dele e sente-se no seu colo. Quando rolar a penetração, incline-se para a frente e apoie-se em qualquer superfície próxima. Tire os pés do chão e eleve um pouco as pernas. Segurando você pela cintura, ele dita o ritmo do vaivém (você só obedece!). De bônus, ele ainda fica com uma das mãos livre para brincar com os seus mamilos, acariciar seu clitóris e tudo mais que o desejo mandar… Sem impedimento!
  • Clássico é clássico! Claro que a boa e velha rapidinha tem que ter um pouco (ou muito!) de papai & mamãe. Nunca subestime essa posição, afinal, quando bem aproveitada ela é capaz de fazer milagre para ambos. Aproveite as almofadas do sofá e coloque-as sob a pélvis para favorecer o encontro do pênis no ponto G.
  •  Goleiro nenhum segura essa vontade! Essa posição é ideal para os dias em que a excitação é tanta que fica impossível chegar até a cama. Sente-se em uma superfície alta, enquanto seu parceiro fica em pé na sua frente. Encaixe-se nele e cruze as pernas por trás da bunda do parceiro para que a penetração seja mais profunda. A grande fricção do clitóris fará você chegar às alturas rapidinho… Aposte nos gemidos e deixe-se levar pelo clímax.

Sexo de segunda: 3 posições para garantir orgasmos já no início da semana!

Em pé, sentada ou deitada, de lado, com as pernas pra cima ou para baixo: não importa a posição ou o lugar, com essas dicas o orgasmo está mais do que garantido.

A ponte
Essa é para deixar o sexo em outro patamar. Peça para seu parceiro ficar com o corpo levantado, enquanto se apoia com as mãos e os pés no chão. Assim você vai se sentar delicadamente no seu colo, apoiando suas pernas e braços onde for confortável para ambos. Os movimentos podem ser feitos por vocês dois, mas tenham cuidado para não se machucarem.
Sexo de segunda:  3 posições para garantir orgasmos já no início da semana!

Senta, senta, senta, vai!
Aqui a ideia é você coordenar toda a transa, quase como se fosse uma pilota. Com seu parceiro sentado, apoie-se em cima dele enquanto ele envolve seus braços em torno de sua cintura. Agora, se quiser que ele tenha o controle, coloque seu corpo para trás e apoie suas mãos nos joelhos dele. Essa posição tem potencial para provocar orgasmos rápidos e intensos.
Sexo de segunda:  3 posições para garantir orgasmos já no início da semana!

Segunda de pernas pro ar: literalmente!
Está na pilha de algo mais ousado? Então essa é pra você! Nós recomendamos que vocês estejam, pelo menos, em uma cama, sofá ou tapete bem macio. Para quem gosta de penetração profunda, não tem erro. Basta apoiar sua cabeça e ombros na superfície e deixar as pernas para cima, enquanto o gato comanda o vaivém e te proporciona sensações inesquecíveis.
Sexo de segunda:  3 posições para garantir orgasmos já no início da semana!

Bora testar?

Fotos: reprodução

4 truques que vão apimentar a hora da transa

Que tal aproveitar o final de semana para dar aquele gás na sua vida sexual? Separamos algumas dicas que vão deixar a hora da transa ainda mais gostosa e sem-vergonha (aliás, deixe sempre a vergonha de lado!).
Confira:

1) A inversão de papéis é uma forma diferente e simples de sair da rotina. Se você tende a ser mais passivx, chegou a hora de comandar. Cavalgue ou deite sobre o/a parceirx e dite o ritmo da transa!

2) Aguçar os sentidos garante um novo e delicioso ritmo para o sexo. Peça para seu/sua parceirx utilizar boca e as mãos simultaneamente em partes não convencionais do seu corpo. Nessas horas, brinquedinhos sexuais também podem fazer a diferença (acesse nosso site clicando aqui!).

3) Pequenas mordidinhas e arranhões leves podem ser uma forma de levar o prazer às alturas. Com consentimento e moderação, use a boca para surpreender na cama!

4) Tapinhas durante a transa podem ser bastante excitantes – se o/a parceirx estiver de acordo, claro! Para quem dá e para quem recebe. Uma dica valiosa: mantenha o ritmo da penetração e lembre-se que é pra ser algo gostoso e não violento, hein?

Para colocar em prática já!

Pesquisa mostra que foliões estão dispostos a engatar namoro depois do carnaval

ecc99c7a-5fa5-4694-948d-bc5585f91fea.jpg

Eles se conheceram no carnaval, trocaram olhares, um chamou a atenção do outro e o romance já dura mais de um ano. Mariana Incerti e Buno Cantarelli não ficaram naquele bloco, mas começaram a se conhecer melhor depois e se apaixonaram. Assim como eles, muitos casais se formam no carnaval e mostram que a folia não é só pegação.

Uma pesquisa do site de relacionamento Par Perfeito, feita com 633 foliões, questionou se eles levariam um relacionamento adiante com alguém que conheceu no carnaval. As mulheres de praticamente todas as idades, exceto as acima dos 50, foram unânimes em dizer que sim. Os homens de todas as faixas etárias concordam com elas.

— No carnaval, muita gente está ali com o mesmo objetivo, o que acaba sendo um palco de encontros e desencontros. Vai depender da sintonia, da química e da reciprocidade — diz a psicanalista Katya Muniz.

Para ajudar quem quer aproveitar os dias de folia para esbarrar e fisgar um grande amor, Mariana Frensel, do Match Group LatAm, detentora da ParPerfeito, dá uma dica.

— Usar sites e aplicativos de relacionamento tem vantagens, como você já ter analisado o perfil do pretendente e conversado. Marcar um encontro em um bloco é uma ótima chance, já que o clima de festa faz com que as pessoas estejam mais descontraídas — comenta.

Ela lembra que as fantasia bem-humoradas e criativas também podem ajudar a criar uma situação divertida, que evolua para uma paquera.

Confiança que começou no carnaval

Para Mariana Incerti, conhecer o namorado Bruno Cantarelli no carnaval foi uma vantagem. Agora, ela já sabe como o amado se comporta na folia e diz não se importar se ele quiser sair desacompanhado.

— Ele me chamou atenção em um bloco. Pensei: “gente boa, simpático, não é pegador”. Isso foi muito bom porque me fez ter mais confiança — acredita a publicitária.

Os pombinhos tiveram sorte e os olhares não ficaram só na folia. A psicóloga Katya Muniz diz que isso é um desafio.

— Depois do carnaval, a realidade é outra. Precisa ver se têm os mesmos interesses, valores. As relações vão se construindo nos encontros. Se é para acrescentar, tem grandes chances dar certo.

Fonte: Extra