“The O Project”: o orgasmo como ele é

Não tem nada mais incrível do que o prazer – em todas as suas vertentes! Quando falamos a respeito do orgasmo feminino, especialmente, ainda existe muito tabu. Tabu, aliás, que faz com que muitas mulheres ainda não tenham experimentado a sensação de chegar ao orgasmo.

Para deixar de lado toda a mística em torno do assunto, o fotógrafo brasileiro Marcos Alberti, de forma muito sensível, nos brinda com um projeto que trata do orgasmo real. Batizado de “The O Project”, a sessão de fotos ilustra as mais diferentes mulheres, de todos os lugares do mundo – inclusive de países super conservadores, como China e Cingapura-, durante uma deliciosa sessão de masturbação utilizando sex toys.

O mais bacana é que cada uma das participantes recebeu um modelo distinto de vibrador e tiveram suas expressões faciais clicadas a medida que o gozo vinha se aproximando. O resultado é um trabalho sensível e que certamente pode ajudar a muitas mulheres a descobrirem o próprio corpo e prazer.

Confira:

016019017015013-1012-1011-1010-209-208-307-406-605-1004-803-9

Falando em sex toys, que tal conhecer os vibradores disponíveis em nossa loja virtual? Clique aqui!

NSFW: o BDSM pelas lentes de um fotógrafo brasileiro

O universo BDSM ainda é permeado por mistérios. Embora o blockbuster “50 tons de cinza” e suas sequências tenham colocado o assunto nas mais diferentes rodas de conversa, a prática segue sendo vista com incompreensão e medo pela maioria das pessoas. Ou, pelo menos, muito distante da nossa realidade. Será mesmo?

Buscando compreender a relação entre dominação e submissão tão presente na realidade da prática, o fotógrafo Ale Ruaro foi atrás de quem vive o BDSM tanto entre 4 paredes quanto em todos os momentos da sua rotina. Durante alguns anos, Ruaro acompanhou e documentou em fotos a rotina de dois dominadores gays e seus tantos submissos. Para a surpresa de muitos, os encontros vão muito além do sexo.

A maioria dos praticantes de BDSM no Brasil ainda preferem se manter em segredo – tudo isso para evitar os curiosos ou até mesmo desavisados que não buscam entender a fundo a essência desta forma de se relacionar. Assim, o fotógrafo buscou captar com extrema sensibilidade a relação de respeito e confiança nutrida entre os dominadores e seus submissos.

Confira:

ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-175-1456770309ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-183-1456770274ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-203-1456770258ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-290-1456770254ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-362-1456770261ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-499-1456770284ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-568-1456770269ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-610-1456770260ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-634-1456770302ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-656-1456770296ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-736-1456770288ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-778-1456770265ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-912-1456770324ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-927-1456770252ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-930-1456770250ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-950-1456770246ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-954-1456770267ale-ruaro-fotografia-bdsm-dominadores-999-1456770256
Fotos: reprodução

Se interessou? Corre lá no nosso site para conhecer a seção dedicada exclusivamente à pratica do BDSM!

Ensaio fotográfico retrata a sexualidade feminina de forma revolucionária

Maggie West é a responsável pelo projeto que promete inovar a nossa maneira de observar a feminilidade. Batizada de “98”, as fotos fogem totalmente dos conceitos de santidade e pureza tão associada às mulheres e deixa a sexualidade surgir com seu brilho próprio.

Ensaio fotográfico retrata a sexualidade feminina de forma revolucionária maggie west foto: reprodução

A instalação foi inspirada em trabalhos de vitral e neon e patrocinada pela Fundação Amber Rose e a empresa de brinquedos sexuais de alto padrão Lelo – clique aqui para conhecer os produtos disponíveis em nosso site. Ela será inaugurada no dia 1º de outubro, o mesmo dia da terceira Marcha anual das Vadias de Amber Rose, no centro de Los Angeles.

Ensaio fotográfico retrata a sexualidade feminina de forma revolucionária maggie west foto: reprodução

“Ao longo da história, as mulheres retratadas em vitrais geralmente foram santas”, disse Maggie West. “A maioria dessas santas era virgem. Muitas optaram por morrer de morte violenta e cruel, para não perderem sua ‘pureza’.”

Com “98”, ela acabou virando essa narrativa totalmente do avesso.

Ensaio fotográfico retrata a sexualidade feminina de forma revolucionária maggie west foto: reprodução

“Em vez de celebrar as mulheres por sua pureza, esta obra homenageia a liberdade de expressão sexual das mulheres e sua liberdade para protestar contra a violência sexual.” West intitulou a instalação “98” como referência à estatística do Departamento de Justiça dos Estados Unidos segundo a qual a cada 98 segundos uma americana é sexualmente agredida.

Ensaio fotográfico retrata a sexualidade feminina de forma revolucionária maggie west foto: reprodução

Ensaio fotográfico retrata a sexualidade feminina de forma revolucionária maggie west foto: reprodução

Adoramos!

Erotismo e prazer em ilustrações incríveis: conheça o trabalho de Frida Castelli

A arte e o erotismo sempre caminham lado a lado (como já mostramos aqui e aqui), mas apesar de tanta coisa rolando, é difícil de achar artistas que conseguem unir bom gosto e sexualidade em ilustrações de alto nível.

Frida10Frida9Frida8

E é por isso que hoje apresentamos o trabalho da ilustradora italiana Frida Castelli. É pelo Instagram que Castelli mostra a todos a sua forma de expressão – sem tabus, impactante, delicada e linda.

Frida7Frida6Frida5

Segundo Frida, sua arte proporciona ao público uma experiência erótica diferenciada que quase beira a poesia. Aliás, é assim que ela define seu trabalho: frames poéticos de um conto maior ainda.

Frida15Frida1

E olha só que curioso: seu processo criativo tem início, muitas vezes, com fotos pessoais e que se transformam em rascunhos de grafite. Posteriormente, recebem as cores que deixam tudo ainda incrível.

Frida4Frida3Frida14

Adoramos!

Fotos: Reprodução/Frida Castelli

Improviso na masturbação: mulheres mostram como objetos do dia a dia ajudam na hora de chegar ao clímax

Vibradores, estimuladores ou até mesmo as próprias mãos. O universo da sexualidade e da masturbação, principalmente, é cheio de oportunidades. Mas você já pensou em utilizar objetos do dia a dia para “chegar lá”? Pois é o que retrata a divertida série da fotógrafa inglesa Steph Wilson. Steph reuniu algumas mulheres dispostas a mostrar ao mundo como se divertem na cama de uma forma feminina, real e humanitária.

A gente sabe que a masturbação feminina é repleta de tabus e não é vista com a mesma naturalidade que a dos homens. Uma mulher admitir que se masturba pode ser algo problemático ou até mesmo motivo para preconceito e brincadeiras.

Assim, é com bom humor que a série revela a criatividade e alguns dos segredos e truques mais ocultos que uma mulher pode ter, como com quais objetos improvisados já se masturbou.

Confira:
steph-wilson-vice-magazine-shoot-tk-body-image-1470328097steph-wilson-vice-magazine-shoot-tk-body-image-1470328104steph-wilson-vice-magazine-shoot-tk-body-image-1470328079steph-wilson-vice-magazine-shoot-tk-body-image-1470328088steph-wilson-vice-magazine-shoot-tk-body-image-1470328016steph-wilson-vice-magazine-shoot-tk-body-image-1470328070steph-wilson-vice-magazine-shoot-tk-body-image-1470327971steph-wilson-vice-magazine-shoot-tk-body-image-1470327981

Prazer sem limites pra imaginação!

The Vulva Gallery: o projeto que celebra a diversidade feminina

Todos os corpos são singulares. Entretanto, é crescente o número de mulheres que buscam cirurgias íntimas ou deixam de lado a vida sexual por vergonha da aparência de suas vaginas. Por isso, a ilustradora Hilde Atalanta, de Amsterdã, resolveu colocar o corpo feminino em evidência, criando a Galeria da Vulva.

Trata-se de um projeto que conta com inúmeras ilustrações delicadas e divertidas, uma verdadeira celebração à diversidade. Cores, tamanhos e formas mostram que todas as vulvas são incríveis, exatamente do jeito que vieram ao mundo.

Lá no Instagram do projeto as fotos são postadas com legendas empoderadoras, contribuindo bastante para que a mulherada aceite melhor o próprio corpo. Mais do que isso, também rolam relatos de pessoas que foram impactadas positivamente com as imagens. Isso porque muitas afirmam que a pornografia é a grande causadora desse desconforto em relação ao próprio corpo. Os filmes, claro, expõem um padrão quase surreal para o órgão genital feminino: sempre lisas, depiladas, com lábios quase invisíveis.

Confira as ilustrações:

VulvaGalleryBrown20VulvaGalleryBrown21VulvaGalleryBrown22VulvaGalleryBrown43VulvaGalleryBrown44VulvaGalleryBrown49VulvaGalleryBrown50VulvaGalleryPink25VulvaGalleryPink31VulvaGalleryPink35VulvaGalleryPink36VulvaGalleryYellow21VulvaGalleryYellow26

Conheça os signos mais adeptos da “dirty talk” na cama

A troca de palavras safadas durante a transa pode ser capaz de transformar uma “simples” rapidinha em um encontro explosivo de prazer. O repertório e as preferências sempre variam de acordo com os participantes, mas saiba que há 4 signos específicos do Zodíaco conhecidos por serem experts na troca de frases picantes durante o sexo.

Saiba quais são eles:

Gêmeos: tímidos à primeira vista, os geminianos vão preferir começar o sexo com palavras um pouco mais ousadas, para aumentar aos poucos o repertório de sacanagem. Assim que se sentem mais seguros e ficam mais excitados, se soltam e só param de soltar palavras picantes no final do ato.
Conheça os signos mais adeptos da "dirty talk" na cama

Leão: as frases quentes que excitam os leoninos são mais específicas e passam pela área dos elogios. Eles vão se excitar ao ouvir palavras relacionadas à sua performance sexual, como eles são bons na cama e deliciosos naquilo que fazem.
Conheça os signos mais adeptos da "dirty talk" na cama

Escorpião: passionais e intensos, escorpianos adoram falar sacanagem no sexo e cheios de criatividade. Desta maneira, se transformam em parceiros que mantém a excitação durante toda a transa. Eles são tão fãs da prática que até mesmo o sexo pelo telefone costuma ser comum entre os nascidos sob o signo.
Conheça os signos mais adeptos da "dirty talk" na cama

Aquário: os aquarianos sabem bem como excitar o parceiro com palavras picantes certeiras, estimulando mente e corpo ao mesmo tempo durante o sexo. Desinibidos, gostam de experimentar variações nos diálogos, surpreender e não descansam até descobrir quais frases levam o outro à loucura.
Conheça os signos mais adeptos da "dirty talk" na cama

Alguém aí confirma?

(Ilustrações: Malika Favre)
(Fonte: Bolsa de Mulher)