3 dicas para fazer um striptease como os da Dita Von Teese

Fazer um striptease é muito mais do que seduzir e vai bem além do simples gesto de tirar a roupa. Para quem deseja dominar essa arte, é preciso desenvoltura, carisma e boas doses de interpretação. Quem fala isso é Dita Von Teese, diva burlesca que há anos arrebata corações em suas performances. Especialista no assunto, Dita faz boa parte do seu show ainda vestida, seduz com o olhar e prova que não se sente incomodada de estar se expondo – ao contrário, sente-se completamente merecedora de ser o centro das atenções.

Sendo assim, que tal libertar o seu poder sexual e aventurar-se pela arte de despir-se com classe e muita, muita sexualidade? Confira 3 dicas fundamentais para que o seu show dê certo:

1) Escolha a lingerie perfeita!
Segundo Dita, a lingerie ideal do striptease deve conter, ao menos, sutiã, cinta-liga, meia-calça e calcinha. Na hora H, você deverá estar totalmente vestida – afinal, ninguém começa um show de strip pelada, certo? O objetivo é levar seu/sua parceiro(a) à loucura. Fica a dica: opte por uma uma lingerie que te deixe confiante. Nesses casos, uma renda preta combinada com cinta-liga e meias são as peças-chaves e combinam com os mais diferentes formatos de corpos.

Veja as opções disponíveis em nossa loja virtual!

2) Os cabelos são protagonistas também!
Dita von Teese sugere fazer um striptease utilizando as madeixas! “Pratique um coque clássico ou Coque banana preso com apenas dois grampos. Eles devem ser fáceis de encontrar. Assim, é só soltar o cabelo no momento certo.” Dita também lembra da importância de perfumar os fios. A melhor maneira de fazer isso é passar um pouco do seu cheiro favorito em sua escova e pentear começando pela nuca.

Garanta seu perfume clicando aqui!

3) Iluminação é tudo!
Esqueça os ambientes ultra-iluminados. Apague tudo que der e use velas de vários tamanhos até conseguir a iluminação adequada. Outra dica é cobrir abajures e spots com lenços de tecido – certificando-se de que as lâmpadas não estão quentes!

E mais importante: combinar esse jogo de sedução com uma dose de bom humor deixa a situação mais leve e ajuda o casal a se soltar. Como? Abusando de sorrisos maliciosos e muita provocação.

Artista francês anônimo vira febre na internet ao compartilhar suas ilustrações eróticas

Há inúmeras maneiras de explorar as nossas mais íntimas fantasias sexuais. O artista francês anônimo e responsável pelo perfil Petites Luxures (Pequenas Luxúrias), nas redes sociais, busca fazer isso com ilustrações eróticas minimalistas.

Com traços bem simples, os desenhos são super sugestivos e normalmente estão acompanhados de frases, quase sempre em francês, mas com a legenda da foto traduzida para o inglês. Em entrevista ao magazine francês L’Obs, o misterioso artista contou de onde surge a inspiração para cada novo rabisco. Ele afirma não utilizar fotos de referência, “o desenho deve ir diretamente do meu cérebro para a folha”, não importando se isso significar que ocorrerão erros.

p6-miniatura-800x774-134537tumblr_npwmlahTIn1uqiimlo1_1280-miniatura-800x800-134543dk1slmndg1n6ygxzsinevse6n

No Petites Luxures, tudo é inspiração.
“Pode-se erotizar quase tudo na vida: um lugar, uma comida, uma cor, uma visita ao dentista, uma hora do dia, uma roupa…Pode-se ver o amor e o sexo em tudo!”

tumblr_no5lh1u4qv1uqiimlo1_1280-miniatura-800x800-134530tumblr_ny15nbBudN1uqiimlo1_1280-miniatura-800x800-134527tumblr_nphkh9IpEJ1uqiimlo1_1280-miniatura-800x800-134524tumblr_nz0dasuT6I1uqiimlo1_1280-miniatura-800x800-134518

Concordamos e adoramos!

Para começar a semana: assista a um super documentário sobre o clitóris

Sexo oral, ponto g, masturbação, penetração. Inúmeras são as formas possíveis de fazer uma mulher gozar. Entretanto, o clitóris, o órgão cuja única função é proporcionar prazer às mulheres ainda é um tabu e por séculos foi negado e culpabilizado, sobretudo pelas religiões. E por essas e outras que por muito tempo esse incrível ‘botãozinho do prazer’ ficou na marginalidade da medicina, por muitas vezes sendo até questionada sua existência. O primeiro anatomista a fazer referência a essa parte do corpo feminino foi Ronaldo Columbus, em 1559, quando o descreveu como a “cidade do amor”.

O filósofo francês René Descartes, 100 anos depois, achou que tivesse feito a descoberta. Para ele, sem o prazer clitoriano, as mulheres sequer estariam dispostas à maternidade. Mas depois disso, o clitóris caiu no esquecimento por muitos anos, até que em 1884, George Cobald publicou uma série de desenhos que não poderiam mais ser negligenciados pela ciência.

Nossa proposta para esse início de semana é o documentário Clitóris, prazer proibido. Com depoimentos de médicos, educadores sexuais e mulheres em geral, documentário contesta a concepção histórica e patriarcal de que sexo existe apenas para a reprodução. O filme também aborda questões delicadas, como a mutilação genital ainda exercida em muitos países até hoje e a “adequação” estética que muitas mulheres se submetem apenas para tentar se encaixar em um padrão de beleza – ou agradar aos homens.

Uma das entrevistadas no documentário é a médica Helen O´Connell, pesquisadora de Melbourne considerada uma das especialistas em clitóris. Ela explica o funcionamento do órgão e afirma que não há um “ponto G”. Para Helen, o clitóris é maior do que se pensa e está ligado a todo orgasmo feminino.

Prepara a pipoca e aproveite!

3 jeitos ultrasexies de colocar a camisinha

Aquele momento de parar tudo para colocar a tão necessária proteção não precisa ser inimiga e destruir o clima nem ser uma ação desesperada de 5 segundos – que pode dar muito errado!Confira algumas dicas:

Use a boca!
Ponha a camisinha entre seus lábios com a ponta para trás. Vá em direção ao pênis e posicione o preservativo na cabeça do membro. Use as mãos para terminar o serviço.

Aprenda com ele!
Em vez dele colocar sozinho, diga que gostaria que guiasse a sua mão em uma brincadeira sexy. Aí, você posiciona a camisinha na cabeça do pênis e pede para ele ir com você até o final.

Abraçando por trás!
Peça para o gato ficar de joelho. Agarre-o pelas costas, dê beijos no pescoço e pegue no pênis dele. Coloque o preservativo de uma nova posição.

via: Cosmopolitan

Ilustrações ensinam de forma lúdica o que é consentimento

“Consentimento é simples”, criada para a ONG Project Consent. Assim como a mensagem, a série de filmes desenvolvida pela agência canadense Juniper Park/TBWA usa uma linguagem de fácil entendimento para todo mundo assimilar de vez que não é não.

São peças para redes sociais e três vídeos que mostram a interação entre partes íntimas de forma lúdica, retratados através de uma parte do corpo feminino assediado e do masculino que assedia. Ou seja, um papo entre entre seio e mão, bunda e pênis, e vagina e pênis. Tudo corre em torno do momento em que os elementos masculinos tentam investidas não desejadas.

Quando um dos “personagens” se excede e toca o outro, um simples “não” serve para que ele pare. Com ou sem roupa, bêbada ou sóbria, sozinha ou acompanhada, a regra do consentimento continua sendo a mesma: se não é ‘sim’, é ‘não’.

Assista:

Não goza só com penetração? Então conheça 3 novas posições para chegar lá!

Que fique bem claro: não chegar ao orgasmo somente com penetração é algo ABSOLUTAMENTE normal e acontece com a maioria das mulheres. Mas se podemos ter uma ajudinha extra, por que não experimentar?
O post de hoje traz 3 posições incríveis que vão ajudar a mulherada a chegar nas alturas:
 
Cruzada do prazer
De frente um para o outro, posicione suas pernas em torno do quadril dele. É prazer triplicado e garantido: você vai conseguir senti-lo completamente dentro, suas mãos estarão livres para brincar com seu clitóris e ele está liberado para penetrá-la do jeito e na intensidade que preferir.
Não goza só com penetração? Então conheça 3 novas posições para chegar lá!. foto: reprodução
 
Papi-mami colados
O sucesso aqui é o gato parar de com tanto entra-e-sai e apenas colocar pressão ao penetrá-la – mas com calma. Posicione seus quadris de forma com que seu clitóris encontre a pélvis dele durante os movimentos. Ficar com essa região bem próxima dele e fazer movimentos em forma de “8” vão te ajuda a chegar lá muito, muito rápido. Dica: estimule os mamilos enquanto isso!
Não goza só com penetração? Então conheça 3 novas posições para chegar lá!. foto: reprodução
Cavalgada certeira
Suba em cima dele, mas de costas, peça para que ele dobre o joelho para cima e movimente os quadris enquanto pressiona sua pélvis contra a coxa dele. Desta forma, você controla a intensidade da penetração e a forma que mais te dá prazer. É orgasmo na certa!
Não goza só com penetração? Então conheça 3 novas posições para chegar lá!. foto: reprodução

Aproveite! 

Via Cosmopolitan
Imagens: reprodução

Pra curtir o findi: 3 receitas de drinks super afrodisíacos

Calor, verão… tem coisa melhor? Ainda mais se ambos vierem acompanhados de um final de semana que promete! Por isso, a gente resolveu dividir com vocês três receitas infalíveis pra quem quer unir o útil ao agradável: drinks clássicos que, além de deliciosos e refrescantes, ainda potencializam o tesão!
 
Manhattan com manjericão
Mais do que uma erva aromática, o manjericão é conhecido por melhorar a circulação sanguínea e, assim, como a pimenta, acelerar os batimentos cardíacos. Prepare um Manhattan com bourbon uísque, vermoute seco e angostura – para temperar, capriche no manjericão.
Pra curtir o findi: 3 receitas de drinks super afrodisíacos
foto: reprodução
Sangria com catuaba
Um clássico dos afrodisíacos é a catuaba já que, além de aumentar a libido, a bebida estimula o sistema nervoso central. Por ser preparada com vinho tinto, a Sangria pode receber muito bem algumas doses de catuaba. Para completar, acrescente água com gás, brandy e rodelas de maçã, laranja ou limão – um clássico!
Pra curtir o findi: 3 receitas de drinks super afrodisíacos
foto: reprodução
Daiquiri com gengibre
Açúcar, suco de limão e rum branco são os ingredientes do clássico Daiquiri. Para inovar no sabor, estimular o sistema circulatório e aumentar o apetite sexual, acrescentar lascas de gengibre é uma opção deliciosa.
Pra curtir o findi: 3 receitas de drinks super afrodisíacos
foto: reprodução
Aproveite, use camisinha e não esqueça: se beber, não dirija!
Fonte: guia da semana