Quer emagrecer? Então vem ver quais posições sexuais podem ajudar nisso|

Exagerou nas festas de Natal e agora quer correr atrás do prejuízo? Confira 5 dicas de posições que valem por uma ida na academia. Bora praticar!

Abraço

A posição requer a força dos braços do gato e o equilíbrio da linda pra dar certo. Logo de cara dá pra perceber que não é mole conseguir realizar de primeira com sucesso, mas vai com calma que dá certo e nada melhor do que praticar até ficar craque (e, de quebra, perder umas calorias);

União

Nessa daqui quem manda é a gata. É ela que vai ditar o ritmo e controlar a situação, mas claro que depende da força de ambos pra ficar na posição certa. Os seus tríceps e ombro vão trabalhar muito, mas tudo vale a pena no final, rs.

Amazona

Esse requer força nas pernas! Pra aguentar essa aqui tem que ser profissa no quesito agachamento. Vale praticar antes já que ela é um pouco complicada e se der mole pode machucar o pirulito do boy. Ninguém quer isso, né?

De costas

Essa é outra posição que quem manda é a mina, hahaha. O boy vai ficar ali no relax aproveitando enquanto a gata domina o ato.

Cachorrinho em pé

Uma das mais “tradicionais” posições também é top na hora de perder umas calorias, tudo isso por conta da flexibilidade que ela requer. Vale alongar os músculos antes de executar pra ninguém sair com cãibra.

Fonte: ObaOba

Kama Sutra ganha nova versão – e traz mais do que posições sexuais

Certamente você já ouviu falar do Kama Sutra, a chamada bíblia do sexo aqui no oriente. O que poucos fazem ideia é que suas páginas trazem muito mais do que posições sexuais por vezes quase impossíveis.

Escrito há cerca de 2 mil anos, o material traz pautas como o sexo, o amor e a busca da felicidade na sociedade indiana da época. Entre seus conselhos, estão dicas para escolher um parceiro com quem possa viver de maneira virtuosa e como construir um lar feliz para ambos.

Agora, o livro ganha uma nova versão e feita pela primeira vez por uma mulher. Lançada pela Folio Society, a edição foi ilustrada por Victo Ngai. Nascida em Hong Kong, ela já é considerada um dos grandes nomes do design e emprestou seus traços a esta edição exclusiva da obra. Com desenhos mais delicados e subjetivos, Victo aborda o erotismo através de uma visão mais contemporânea e feminina.

Assista ao vídeo:

Veja imagens:

kama8kama7kama6kama5kama4kama3kama2kama1

Fotos: Reprodução/Hypeness

O sexo está te causando desconforto? Veja algumas possíveis causas!

Sexo não combina com desconforto, né? Infelizmente, algumas mulheres podem sentir uma dorzinha – ou dorzona! – bem desagradável durante a transa. Os motivos podem ser os mais variados, mas você já ouviu falar nos mais comuns? Essa é a nossa pauta de hoje.

1) A principal razão está no estímulo. Ou na falta dele. Quando não se está devidamente lubrificada, a penetração acaba ficando mais difícil. Por isso, tenha sempre por perto algum lubrificante à base de água e incentive seu parceiro a explorar cada cantinho do seu corpo.

2) Os exames de DSTs estão em dia? Isso porque a dor por ter relação direta com as doenças sexualmente transmissíveis, tal como a clamídia, herpes ou gonorreia. Estas infeções dão origem a dores na zona pélvica ou na vulva durante a transa. Mas não se apavore. Procure logo assistência médica pois há tratamento!

3) A endometriose também pode causar desconforto durante o sexo. Essa é uma condição em que as células do tecido que constituem o útero (endométrio) crescem fora da zona normal, como por exemplo nos ovários, na bexiga ou no peritoneu pélvico, resultando em dores intensas na hora H.

Bora deixar o sexo mais prazeroso? Não deixe de procurar ajuda especializada sempre que sentir que algo não está “certo”, combinado?

 

Projeto Erotic: sexo para refletir – e decorar a casa

Poucas imagens são tão bonitas quanto dois corpos quando se encontram, não é mesmo? Pensando nisso e deixando de lado orientações sexuais, gêneros e padrões, o artista gaúcho Giovani Ngoatto, criou o Projeto Erotic. Trata-se de ilustrações minimalistas que evocam a liberdade, aceitação e a busca por novas ideias sobre a vida e a sexualidade.

Além de explorar um assunto tão importante, os desenhos são lindos e poderiam levar ainda mais charme aos ambientes da casa, hein?

Espia só:

EROTIC8EROTIC27651EROTIC7EROTIC4

Fotos: EROTIC

Qual é o jeito certo de higienizar sua região íntima depois do sexo?

(foto: REPRODUÇÃO)

Sexo é bom, todo mundo gosta. Mas será que estamos cuidando direitinho das nossas partes íntimas? Afinal, manter  a higiene dos órgãos sexuais evita problemas e infeções e a reduz as chances de odores desagradáveis.  Nada como um sexo bem picante, mas com cheiro gostoso, né?

Confira algumas dicas:

* Neutralidade é tudo!
Para as mulheres com tendência a ter cistite (infecção urinária) é muito importante manter a higiene após o sexo. O melhor forma é lavar a vagina com um sabonete especial para a região íntima –  com PH neutro ou somente com água.

* Bora pro banho!
O primeiro round foi na cama e agora querem partir para algo mais… molhado? Corram para o banho.  Mulheres e homens com peles sensíveis podem e devem tomar uma ducha depois da transa.  Lavar o pênis após a relação sexual também ajuda a remover resíduos de sêmen e excesso de lubrificante do preservativo. E o melhor de tudo: dá para continuar com a sacanagem dentro do chuveiro…

* Calcinhas de algodão, sempre!
Um fator que influencia muito na higiene antes e depois do sexo é optar por peças íntimas frescas e limpas (principalmente de algodão e não tecidos sintéticos). Senão, as chances de criar um espaço fértil para as bactérias e deixar as partes íntimas vulneráveis à infecções são imensas.

* Faça xixi!
Bateu aquela vontade de ir ao banheiro? Não deixe para depois. Antes ou depois da transa, essa é a oportunidade perfeita de realizar uma higiene expressa, já que a urina ajuda a limpar as bactérias no trato urinário.

Tem mais alguma dica? Conta pra gente!

5 dicas (comprovadas pela ciência!) que melhoram o sexo

 

foto: Nymphainna

Fazer sexo além de super prazeroso, também faz um bem danado à saúde. Além de proteger o corpo de doença cardiovasculares, melhorar o humor e a qualidade de vida, uma boa transa é – comprovadamente – algo que a ciência apoia. Não é a toa que existe várias pesquisas sobre o assunto, né? Vem ver o que dizem algumas delas:

* No Stress
Pessoas estressadas não são nada atraentes, todo mundo sabe. Mas, além disso, o estresse influencia o ato sexual. O estresse aumenta os níveis do cortisol no corpo. Esse hormônio, por sua vez, deixa as pessoas com menos apetite sexual nas mulheres, de acordo com um estudo feito por cientistas da Universidade do Texas, em 2009. Nos homens, o cortisol diminui a circulação da testosterona, fazendo com que as chances de ereção sejam menores, segundo um estudo publicado em 2005, no periódico Journal of Sports Science & Medicine.

* Vinho tinto? Sim!
A relação do vinho tinto com o sexo não é novidade. Diversos estudos descobriram que, de todas as bebidas alcoólicas, o vinho é a única que aumenta e melhora a experiencia sexual. Uma pesquisa publicada no Nutrition Journal em 2012 mostrou que, em moderação, o vinho tinto aumenta a produção de testosterona, o bom e velho hormônio do apetite sexual. Outro estudo, publicado no Journal of Sexual Medicine em 2009, revelou que quantidades moderadas dessa bebida aumenta o fluxo sanguíneo nas zonas erógenas das mulheres, também aumentando a lubrificação.

* Bora chegar aos 80 anos?
Mas queremos informa-lo que fazer atividades físicas, alimentar-se bem e ter uma vida saudável pode fazer com que você tenha uma vida mais longa e, se tudo der certo, atinja a idade-auge da vida sexual: os 80 anos.

* Esqueça o cigarro e as bebidas em excesso!
Além de fazer com que você chegue aos tão esperados 80 anos, parar de fumar e de beber pode ajudá-lo a ter uma vida sexual mais satisfatória. De acordo com um estudo publicado no periódico BJU International em 2016, homens que fumam são menos férteis e têm menos ereções.

* Aumenta o som!
Não é novidade que a música estimula nossos sentidos. Quem nunca ficou arrepiado com alguma melodia que gostava muito? A ciência inclusive comprova que a música tem um papel importante na atração sexual. Publicado no periódico PLOS One no ano passado, o estudo mostrou que o som faz com que as pessoas fiquem mais atraentes aos olhos dos outros.

 

(Via VivaBem – UOL)

3 dicas para fazer um striptease como os da Dita Von Teese

Fazer um striptease é muito mais do que seduzir e vai bem além do simples gesto de tirar a roupa. Para quem deseja dominar essa arte, é preciso desenvoltura, carisma e boas doses de interpretação. Quem fala isso é Dita Von Teese, diva burlesca que há anos arrebata corações em suas performances. Especialista no assunto, Dita faz boa parte do seu show ainda vestida, seduz com o olhar e prova que não se sente incomodada de estar se expondo – ao contrário, sente-se completamente merecedora de ser o centro das atenções.

Sendo assim, que tal libertar o seu poder sexual e aventurar-se pela arte de despir-se com classe e muita, muita sexualidade? Confira 3 dicas fundamentais para que o seu show dê certo:

1) Escolha a lingerie perfeita!
Segundo Dita, a lingerie ideal do striptease deve conter, ao menos, sutiã, cinta-liga, meia-calça e calcinha. Na hora H, você deverá estar totalmente vestida – afinal, ninguém começa um show de strip pelada, certo? O objetivo é levar seu/sua parceiro(a) à loucura. Fica a dica: opte por uma uma lingerie que te deixe confiante. Nesses casos, uma renda preta combinada com cinta-liga e meias são as peças-chaves e combinam com os mais diferentes formatos de corpos.

Veja as opções disponíveis em nossa loja virtual!

2) Os cabelos são protagonistas também!
Dita von Teese sugere fazer um striptease utilizando as madeixas! “Pratique um coque clássico ou Coque banana preso com apenas dois grampos. Eles devem ser fáceis de encontrar. Assim, é só soltar o cabelo no momento certo.” Dita também lembra da importância de perfumar os fios. A melhor maneira de fazer isso é passar um pouco do seu cheiro favorito em sua escova e pentear começando pela nuca.

Garanta seu perfume clicando aqui!

3) Iluminação é tudo!
Esqueça os ambientes ultra-iluminados. Apague tudo que der e use velas de vários tamanhos até conseguir a iluminação adequada. Outra dica é cobrir abajures e spots com lenços de tecido – certificando-se de que as lâmpadas não estão quentes!

E mais importante: combinar esse jogo de sedução com uma dose de bom humor deixa a situação mais leve e ajuda o casal a se soltar. Como? Abusando de sorrisos maliciosos e muita provocação.